quarta-feira, 30 de março de 2011

TJ-RJ mantém decisão que condena música de Tiririca por racismo



30/03/2011 - 16h56

TJ-RJ mantém decisão que condena música de Tiririca por racismo

PUBLICIDADE
DE SÃO PAULO
A 16ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio manteve nesta terça-feira (29) decisão que condena a gravadora Sony Music por causa da música "Veja os cabelos dela", composta pelo agora deputado Tiririca (PR-SP).


Sérgio Lima-2.mar.11/Folhapress
Francisco Everardo Oliveira Silva, o Tiririca, durante sessão da Comissão de Educação da Câmara dos Deputados
Francisco Everardo Oliveira Silva, o Tiririca, durante a primeira sessão da Comissão de Educação da Câmara dos Deputados
A decisão confirma sentença de 2004 que estipulava indenização de R$ 300 mil. A Câmara também determinou ontem a correção monetária retroativa desde 1997, quando o processo foi ajuizado.
A indenização, que deve ser destinada ao Fundo de Defesa de Direitos Difusos, foi calculada a partir lucros obtidos com as vendas do disco na época.
A ação foi movida pelas ONGs Centro de Articulação das Populações Marginalizadas, Instituto das Pesquisas das Culturas Negras, Grupo de União e Consciência Negra e Instituto Palmares.
Segundos as entidades, a música gravada por Tiririca é racista. "Essa nega fede, fede de lascar/ Bicha fedorenta, fede mais que gambá", diz um dos trechos da canção.
"Embora a expressão 'nega' possa realmente ser utilizada popularmente dentro de um contexto afetivo, sem qualquer conotação racial, no presente texto, a combinação de tal expressão com a alusão a cabelos característicos da raça negra, que são pejorativamente comparados a 'bombril de ariar panela', seguidos de referências ao 'fedor da nega', comparado a um gambá, caracteriza a ofensa indiscriminada às mulheres da etnia negra", afirma o desembargador Mario Robert Mannheimer, relator do caso, na decisão de 2004.
A gravadora diz que vai recorrer da decisão e lembra que já depositou parte do dinheiro em juízo. Tiririca não tem mais contrato com a Sony Music. O deputado também não foi colocado pelas entidades como parte do processo.
Lançado em 1996, o disco de Tiririca vendeu cerca de 250 mil cópias antes de ter 80 mil unidades recolhidas.
http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/896044-tj-rj-mantem-decisao-que-condena-musica-de-tiririca-por-racismo.shtml

2 comentários:

vimaworm disse...

I don’t bookmark sites but i will bookmark this! LOL!

cheap clomid

melesofa disse...

Please, can you PM me and tell me number of much more thinks about this, I am truly fan of one’s webpage…gets solved properly asap.

generic paxil