sábado, 10 de março de 2012

DILMA RESPONDE STF POR RACISMO DE MONTEIRO LOBATO


O colunista Ancelmo Gois, jornalista de verdade, dá notícia hoje em sua coluna, que Dilma Roussef, respondeu ao Supremo Tribunal Federal, notificada que foi pelo Ministro Luiz Fux, sobre o Mandado de Segurança impetrado por IARA Instituto de Advocacia Racial e Ambiental e ANTONIO GOMES DA COSTA NETO, contra a Presidente da República, o Ministro da Educação, e o CNE Conselho Nacional de Educação, em face das passagens do personagem Tia Nastácia, no livro "Caçadas de Pedrinho", de Monteiro Lobato. 

Dilma se omite na liberação do financiamento pelo PNBE Programa Nacional Biblioteca na Escola, permitida pelo Ministro da Educação, Fernando Haddad, agora substituído por Aloísio Mercadante, que obrigou o CNE Conselho Nacional de Educação, a de joelhos, autorizar que o assunto fosse resolvido "em sala de aula, por cada professor". 

Todos descumprem a lei. 

O fato é histórico para o Movimento Negro, pois é a primeira vez que um Presidente da República  é cobrado judicialmente pelo chamado ' racismo institucional'  do estado brasileiro, que muito se fala e reclama, mas pouco se muda. 

Disponibilizarei os arquivos das ofícios  do CNE, da AGU, e do MEC, que devem servir de estudo para estudantes de direito para fazer avançar a luta contra o racismo e a discriminação racial, em especial no Judiciário. 

O IARA é a instituição brasileira que mais vezes foi ao Judiciário, em especial ao STF, contra o racismo e discriminação racial, consoante recente pesquisa de Clio Radomysler ( www.sbdp.org.br ).

Há planos de submeter 10 outras ações por omissão no cumprimento do Estatuto da Igualdade Racial, até o fim do ano, tornando-se vãs as ameaças de figuras minúsculas do cenário nacional. 


Homenageio a figura de professor Antonio Gomes da Costa Neto, e também a de Ancelmo Góis, ambos pela coragem e bravura. 

Humberto Adami Santos Junior

Sábado, Março 10, 2012


ANCELMO GOIS

O GLOBO - 10/03/12 -ANCELMO GOIS


Dilma e Dona Benta
Dilma respondeu à notificação do STF para se manifestar sobre o mandado de segurança contra o financiamento oficial do livro “As caçadas de Pedrinho”, de Monteiro Lobato, por suposto “conteúdo racista”.
A presidente solicitou ao ministro 
Luiz Fux, relator do caso, o indeferimento da liminar que pede a proibição do financiamento. A ação é tocada pelo advogado Humberto Adami.

Um comentário:

ALVARO GOMES disse...

Dilma esta correta, o politicamento correto de hoje não era quando ele escreveu o livro e mais, se ele era racista, jamais colocaria a a Nastacia como uma grande personagem de toda a sua obra.